Carandá terá cursos profissionalizantes

São 350 vagas em diversas áreas de atuação. Aulas serão ministradas pela Uniten em parceria com instituições de ensino

Diversos cursos profissionalizantes são oferecidos gratuitamente aos moradores do Residencial Carandá. São 350 vagas para formação na área de estética, culinária, costura, administrativo, construção civil, industrial e serviços de manutenção. Eles serão ministrados na Universidade do Trabalhador, Empreendedor e Negócios (Uniten).

A oportunidade é ofertada pela Prefeitura, por meio da empresa terceirizada que realiza o trabalho técnico social no Carandá, a Sistema Pri, em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda (Sedeter).

Todos os interessados devem se inscrever no plantão social da Sistema Pri, que atende em uma das salas na Unidade Básica de Saúde (UBS) do Carandá, de segunda-feira a quinta-feira. Serão oferecidos os cursos nas áreas de construção civil: eletricista residencial, pedreiro revestidor, pintura residencial e encanador; indústria: auxiliar de produção; segmento de alimentos e culinária: padeiro/confeiteiro, açougueiro, confecção de pizzas e esfihas, doces e salgados; estética: tranças afro, corte feminino, depilação e manicure/pedicure; costura e moda. Também será oferecida formação para trabalhos administrativo:
porteiro/controlador de acesso, cartazista e auxiliar administrativo.

Inscrições são feitas de segunda a quinta-feira no plantão social da Sistema Pri

O coordenador social da Sistema Pri, Daniel Francisco Moreira, explica que os cursos serão ministrados por instituições e escolas com reconhecida capacidade. Concluídas as inscrições serão definidos os horários e até mesmo mais cursos, dependendo das necessidades identificadas pelo cadastro dos moradores. Entre as propostas em avaliação estão o Sesi, Senac, Qualifica, Qualimoura e Instituto da Construção Civil. Essa ação faz parte do
eixo Geração de Trabalho e Renda, das ações realizadas pelo Sistema Pri no Residencial Carandá.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda, Roberto Freitas, destaca que todos aqueles que concluírem algum dos cursos reunirão melhores
condições de empregabilidade. “A qualificação profissional é uma ferramenta
importantíssima para o primeiro emprego ou recolocação no mercado do trabalho”, destaca o secretário Freitas.

O secretário da Habitação e Regularização Fundiária, Maurício Campanati, cita que aos moradores do Carandá também está sendo oferecido o serviço de cadastramento em agências de empregos, eventos culturais, sociais, esportivos e ambientais.

Escola

As obras para a construção da escola de ensino infantil e ensino fundamental do Residencial Carandá vão começar nas próximas semanas, informa a Prefeitura. Orçada em R$ 4,7 milhões a unidade será construída pela empreiteira RVV Construções e Empreendimentos Ltda e atenderá 750 alunos, com turmas desde a pré-escola até a nona série do ensino fundamental. As vagas também devem atender aos estudantes do Altos de Ipanema.

Fonte: Jornal Cruzeiro do Sul – Sorocaba